Marry me?
“Se você estiver ocupado demais para me ligar, eu vou entender. Se você não tiver tempo para me mandar mensagens, eu vou entender. Se você tiver fazendo algo mais importante e não puder me ver, eu vou entender. Se você fingir que não está nem ai pros meus sentimentos e continuar me ignorando, eu vou entender. Se você continuar desperdiçando seu tempo de vida com coisas fúteis, eu vou entender. Mas se eu parar de te procurar, aí é a sua vez de me entender.”
~ Tati Bernardi.

Vamo pro arraiar gente.


Há 4 dias 0 notas · reblog
“Querido diário,
Escrever em ti é de extrema importância para minha pessoa, mas eu tenho percebido que todo meu silêncio, toda essa minha insistência em guardar tudo só para mim mesmo tem me causado bastante dor.
Eu não sei dear o porquê eu tenho evitado escrever em ti, mas eu sei que me custou bastante lágrimas, e tem me custado horas a menos de sono nestas noites escuras e sombrias que só me trazem lembranças dele. Ah querido diário, por que ele? Tantos garotos legais por aí e meu coração Insite em se quebrar me fazendo ama-lo. Isso tem me matado tanto dear.
É estranho morrer aos poucos, minha respiração está cada vez estranha, parece estar se adaptando a morte psicológica que eu estou vivendo. A pior parte parece ser meus olhos. Eu não me lembro de ter descrito meus olhos a ti dear, mas saiba que antes eles eram lindos, é um verde atlântica, que aos poucos foi perdendo seu brilho esplêndido. Aliàs meu querido, eu não mencionei mas eu tenho evitado bastante me ver em espelhos. Já não enxergo mais um verde atlântica, e sim um cinza mórbido no meu olhar.
Falando no mórbido dear, tenho que te falar sobre me problema constante com pessoas espíritas. Eu não suporto mais ouvir que eu sou uma pessoa excepcional com um brilho único, mas que tem uma sombra de alguém em mim que me apaga sempre. Eu não suporto, não suporto porque alguns sentem uma energia tão pesada, que nem conseguem entrar no lugar que eu estou. E eu me sinto muito mal com isso dear, isso me deixa muito triste.
Como se não bastassem essas tristezas, ainda existem aqueles sentimentos que estão mal resolvidos aqui dentro de mim. A querido, eu não consigo deixar de pensar nele. Não existe mais nada, e também não vai existir, no entanto eu ainda estou tão dependente dele. Se eu o tivesse de volta, eu me humilharia, porque tu sabe querido diário, que se ele me procurar, eu vou, e se ele me chamar, eu corro! Ah, eu vou. Vou correndo como um filho Corre para o colo de seus pais. Eu me jogo no chão por ele, e eu sei e tenho consciência de que eu não preciso de nada disso. Não preciso me humilhar para ninguém. Mas eu o amo dear, e o queria do meu lado fazendo carinho no meu cabelo como ele fazia e eu amava. Ah dear, e sinto tanto a falta dele.”
~ Com carinho, Patrick Mirowski

Há 5 dias 0 notas · reblog

Faxina geral hoje no laboratório ^^
Debs fofa *¤*


Há 1 semana 0 notas · reblog

Oh God


Há 1 semana 0 notas · reblog

#repostagem porque sim.


Há 1 semana 0 notas · reblog

Foto por Rafael Padilha


Há 1 semana 0 notas · reblog

Foto por Rafael Padilha


Há 1 semana 0 notas · reblog

Mon amour, je sais que tu m’aimes aussi
Tu as besoin de moi
Tu as besoin de moi dans ta vie
Tu ne peux vivre sans moi
Et je mourrerai sans toi
Je tuerai pour toi


Há 1 semana 0 notas · reblog

Projeto barbixa *0*


Há 2 semanas 0 notas · reblog

Conclusões?


Há 2 semanas 0 notas · reblog

Arte de rua. Eu apoio está ideia.


“Mas ai você se foi, e eu acabei ficando e acabei descobrindo que não existe coisa pior do que eu ficar sem você.”
~ Cartas de um velho amor.  (via rejeitei)


Há 2 semanas 0 notas · reblog

Química orgânica *¤*
Vejo jacaré e cobra.
Kkkk


Há 2 semanas 0 notas · reblog

Alguma legenda?


Há 3 semanas 0 notas · reblog